sábado, 6 de março de 2010

Contos de Duendes: O papagaio cantante!

Aew cambaaaaaaaaaaaaada!

Apesar dos links da semana terem saído com atraso, o post sai dentro do prazo (nunca falei que tinha prazo, mas enfim...), para a felicidade de vocês!

E para esse post volto com algo que não rolava há um bom tempo aqui no blog: não tenho a menor idéia do que escrever!

...

Mas agora já sei!


Contos de Duendes: O papagaio cantante!

Simbora!


Era uma vez, três papagaios:

Eles vivam felizes, comendo suas mangas e tirando piolhos uns dos outros.

Certo dia, um deles resolveu fazer algo diferente, então foi fazer uma viagem:

Indo cada vez mais alto:

Após algumas horas, já cançado, ele não aguenta mais bater asas (nem planar), e cai:

Mas no último segundo ele consegue abrir as asas e se segurar num galho:

Na árvore, ele acaba fazendo amigos e junto a eles, descança:

Apesar do calor, ele dorme tranquilamente e após algumas horas levanta-se para ir comer:

Mas não tinha manga.

Foi aí que ele descobriu que podia cantar:



Só que ele era ruim nisso, mas mesmo assim resolveu voltar para casa para contar a seus amigos papagaios:

Após se despedir dos novos amigos, ele voou o mais rápido que pôde.

De lá do alto ele os avistou:

Eles estavam indo procurá-lo:

Eles pousaram numa árvore:

Ele contou tudo que aconteceu desde sua partida:

Eles não entenderam bem (o que fez o sangue descer para a cabeça):

Então o papagaio foi tentar a vida na cidade grande.

Ele acabou entrando para o show business:



Foi parar num famoso parque de diversões:



Dizem até que ele conheceu outros cantores e seu novo agente:



Claro que isso tudo é uma história absurda, afinal gatos não vivem em árvores (só sobem nelas).



Bem... esse post tá muito curto. Sinceramente falando, não faço ideia do que escrever hoje, mas acho melhor fazê-lo mesmo assim e se surgir algo durante a semana posto também.

Esse foi mais um Conto de Duendes, o primeiro foi maior e mais tosco, mas isso não importa, pois a moral deste conto aqui é melhor do que a do primeiro:

"Moral da história: você não precisa saber cantar, basta ser um animal que faz isso"

Peço desculpas (formais claro, afinal, o blog é meu) à todos os leitores (provenientes da minha mente necessitada de atenção) por um post tão merda quanto esse. Prometo que o próximo (seja ele durante a semana, como falei, ou só fim de semana que vem) será 10 vezes melhor (e ao menos 3 vezes maior) que este aqui.

See ya!
Related Posts with Thumbnails

0 comentários: Aquela ,Ein ,Ein!, Eu, blog ,opinião ,internet, 1 ,2 ,3 ,4 ,5 ,6 ,7 ,8 ,9 ,0 ,top ,x ,coisas ,vê ,isso ,links ,semana ,post , contos ,de ,duendes ,até ,quando ,acordes , aviso ,acorde ,vícios ,matinais ,porquês ,e ,afins ,vida

Postar um comentário