sábado, 18 de setembro de 2010

Vegetarianismo, Beatles e o que as criaturas-que-não-sangram-todo-mês-pensam-mas-não-tem-coragem-de-falar

Aaaaaaewwww cambaaaaaaaaaaadaaaa!!!

Seguinte: não terei tempo de atualizar decentemente o blog aqui, portanto aqui vai um post que eu escrevi para o Bacon Frito... não vai fazer muito sentido aqui, mas pelo menos é melhor que nada.

Simbora!


Você. Sim, você mesmo, você deve encontrar Jesus.

Jesus era homem. Homem de verdade mesmo: ele usava barba, defendia puta que ele frequentava, bebia vinho e carregava cruz nas costas sem reclamar. E Jesus, como todo homem, não pedia informação, ele chegava no lugar por instinto.

Jesus morreu já tem 2010 anos (9 meses, 10 dias, 20 horas e 25 minutos) e, como vocês devem saber, ele morava na região que hoje os Estados Unidos chama de playground ou ainda de "campinho".

Jesus era pobre e jogava futebol com bola de meia.

Israel é um país de clima seco, com desertos, grandes áreas planas e tudo mais, portanto, tinha pouca água por lá, e naquela época não tinha caminhão pipa, poço artesiano e irrigação. Não, naquela época era na raça: ir até o mar, pegar água, trazer pra casa, tirar o sal e só depois usar a água. Mas sabem qual a principal consequência da falta de água?

Solo seco.

E sabem qual a principal consequência do solo seco? NÃO DÁ PRA PLANTAR NADA PORRA!!!

"MaxXx Si nAuM dAvAH prah PLAnTAH nAdAH...NAUm TinhAH SaLAdAh I SI nAum tINhAh sALaDah...u kI eLexXx kOmiam??!?!"


A resposta é simples: havia animais. Havia centenas de milhares de animais. Aliás, naquela época havia mais animais do que tem hoje em dia. Mas de todos, 1 (UM!) dentre todos os animais era o mais importante, o mais reverenciado, o mais sagrado, o mais bonito e o mais lindo, tesão, bonito e gostosão: o porco.

HAIL PORCO!!!!!11

E é a partir do porco que se fazia uma das coisas ainda mais importantes (Principalmente para os HOMENS de verdade): o bacon.

Sim, senhoras e senhores, Jesus era homem e comia bacon. Mas Jesus não era burro, nããããão, Jesus era inteligente e como todo homem inteligente, ele sabia que o bacon era multi-uso: o bacon pode ser frito, cozido, defumado e torrado. Bacon faz tanto o recheio quanto a cobertura. Bacon serve de aperitivo, de prato principal e de sobremesa. Bacon alimenta não só o homem, mas o melhor amigo do homem: o cão. O bacon pode ser dividido com os necessitados. Aliás, sabe aquela estória da multiplicação dos pães? É mentira. O que ocorreu de verdade foi a multiplicação das fatias de bacon: um verdadeiro milagre.

E estou falando só do bacon em estado sólido: sabiam que o bacon gasoso dá um ótimo perfume. Quer conquistar aquela pessoa especial? Compre o desodorante colônia da bacon e veja o resultado. O bacon gasoso serve até mesmo tirar o odor que fica no banheiro, tamanho é a potência de seu cheiro. Bom Ar? Bom Ar é coisa do passado, o esquema agora é bacon.

E por último (Mas não menos importante) o bacon líquido. Bacon líquido dá um ótimo refrigerante. Bacon líquido substitui (Sem perda nenhuma) todas as bebidas alcoólicas: da cerveja ao whisky. Esqueçam o que o Drauzio Varella diz, chá de bacon cura o câncer. Sabem a fonte da juventude? Vocês acham que tem água nela? Que nada, é BACON!!!

Saia perguntando por aí e verá que todo mundo AMA bacon. O Verso do Inverso ama bacon. O Testosterona ama bacon. O Não Salvo ama bacon. O Rafa Barbosa (Que escrevia pro AOE) ama bacon. O Bobagento ama bacon. Gordinhas sexys e gostosas amam bacon. Garotas gostosas e nuas com peitos e bundas grandes amam bacon. Anões, hobbits, fadas, gnomos, elfos e ogros amam bacon. TODO MUNDO ama bacon. E com razão, afinal, já não provei que bacon tem centenas de utilidades? Sabe aquele filme, com o Mel Gibson, Do Que As Mulheres Gostam? Aquilo foi tudo enrolação, a resposta óbvia é "BACON"!!!!!!!!111

Aliás, o bacon nomeia o site com melhor nome (E - atualmente - o mais quente da galáxia) de todo o mundo: O Bacon Frito. O Bacon surgiu do Ato ou Efeito e todos que escreviam/liam o AOE amam bacon. Aliás, quando me inscrevi pra entrar pra equipe do Bacon, Pizurk falou pra eu:

Amai e respeitai o BACON como jamais amará e respeitará qualquer outra coisa na vida

Pois é... o bacon tem uma longa história. O bacon nasceu há mais de 10 mil anos. O bacon estava lá quando o homem pôs o pé na Lua. O bacon estava lá quando o homem criou a roda. O bacon estava lá quando o homem matou seu primeiro porco. O bacon estava lá quando o homem conheceu a mulher. O bacon estava lá quando Raul Seixas nasceu. O bacon estava lá quando a mulher aprendeu a fazer fogo. O bacon estava lá quando a mulher ganhou o direito ao voto. O bacon estava lá quando a mulher escalou o Everest. E acima de tudo, o bacon estava lá quando Jesus disse o que pensava pela primeira vez.

E a primeira coisa que Jesus falou foi para sua esposa, Madalena, foi:

SALADA?!?!?!!?!? BLÉÉÉ!!!!! Eu quero BACON!!!!1

Madalena então o fulminou com os olhos e naquele dia o bacon ensinou algo importantíssimo para Jesus, algo que mudaria a história da humanidade para sempre: ensinou que homens não podem falar o que pensam e ficar impunes. E todos os outros homens aprenderam depois de Jesus. Claro que um ou outro tinha uma recaída, como Galileu Galilei que afirmou que a Terra rodava na volta do Sol e foi caçado (Caçado não por homens, mas por covardes que não gostavam de bacon), mas de forma geral o homem aprendeu sua lição.

E o homem faz sua lição de casa até hoje. O homem deixou de dizer as coisas que pensa, mas faz isso por uma causa mais nobre: a paz mundial. Já pensou como seria se os homens dissessem tudo que pensam? Não nasceriam mais crianças, já que homens e mulheres estariam em uma guerra ("De verdade") constante, provavelmente lutando para ver com quer ficaria o bacon. Vamos à uma lista de coisas que os homens não dizem, visando o bem maior:


1 - Homens não dizem que não querem sexo

Nós homens estamos sempre prontos para incentivar os gostos das mulheres, mesmo que eles não estejamos assim tão à vontade quanto à isso. É que agente é legal, e ver a cara de feliz das mulheres nos faz feliz.


2 - Homens não dizem que não vão poder concertar a escada

Nós simplesmente falamos que já concertamos, assim vocês mulheres não precisam mais se preocupar quanto à isso. E depois, sejamos sinceros, é bem mais fácil um "já concertei" do que 100 minutos de conversa mole.


3 - Homens não dizem que não conseguem abrir o pote de bacon

Como já disse no número 1, homens são prestativos, mas às vezes simplesmente não tem como fazer alguma coisa. Claro que se for bacon, sempre daremos um jeito, mas já com pepinos...


4 - Homens não dizem que terão de faltar ao aniversário da secretária

Homens são ótimos chefes, até pagamos cerveja pros nossos empregados e empregadas.


5 - Homens não dizem que podem lavar suas próprias roupas

Homens presam pelo respeito, e é por isso que compramos lava-roupas caras. E depois, nada que eletrodomésticos caros e cromados para aumentar nossa confiança e fazer auto-propaganda.


6 - Homens não dizem que falar palavrão é feio

Estamos sempre prontos para apoiar tudo que as outras pessoas disserem, afinal, mesmo não concordando, defendemos seu direito de livre expressão.


7 - Homens não dizem que comprar bolsas e sapatos a mais é perda de dinheiro


8 - Homens não dizem que estão sempre atentos para ninguém ferir a integridade da próxima

"Respeito é bom e eu gosto" foi proferido por Jesus em Gênesis 6:12.


9 - Homens não dizem que gastaram o dinheiro do cabelereiro com o carro

Claro que gostamos quando uma mulher (Ou um homem - se você gostar, quem pode te culpar?) se arruma para nós, mas o carro é que vai te levar para o restaurante e de lá pro motel.


10 - Homens não dizem que homosexualismo é coisa de gay

Homens, mesmo não parecendo, são educados.


11 - Homens não dizem que broxam

Só PIVETES dizem que não broxam, mas isso é totalmente óbvio, uma vez que só quem transa, broxa.


12 - Homens não dizem que apoiam movimentos feministas

Podemos ser de tudo, mas mentirosos, NUNCA.


13 - Homens não dizem que o tamanho do clítoris influencia

Os gregos criaram a democracia e na democracia há a escolha, mas seja qual for a escolha, esta será honrrada, nada de mimimi.


14 - Homens não dizem que não se importam em assistir o jogo em paz

Somos bons ouvintes, mas nossa visão é ruim, por isso precisamos manter 100% de contato olho-tela.


15 - Homens não dizem que a bebida acabou

Também não somos mão-de-vaca, simplesmente saimos e compramos mais.


16 - Homens não dizem que metrosexuais são legais

Não somos mentirosos, lembra? Mas sabemos omitir informações, entre eles o nome do detetive que segue nossas irmãs mais novas.


17 - Homens não dizem que comprar um sapato novo para uma festa é inútil

Afinal, vocês vão tirar o sapato pra dançar.


18 - Homens não dizem que preliminares com bacon são legais

Até mais que com Halls preto... ou não.


19 - Homens não dizem que transar ao som de Beatles é broxante

Simplesmente aceitamos os gostos das mulheres, é o mínimo que podemos fazer quando a recompensa é o almoço (Com bacon) pronto quando chegamos em casa.


20 - Homens não dizem que ver mulheres puxando o vestido tomara-que-caia é chato

O nome do vestido já diz tudo, então pra que vocês insistem???


21 - Homens não dizem que esqueçeram o celular no escritório

Falamos que não o ouvimos tocar (O que não é uma mentira dependendo do que estávamos fazendo).


22 - Homens não dizem que salvam pornografia no computador

Até porque quem atualiza, limpa e tira vírus somos nós mesmos.


Viram? Estamos pensando no bem maior! E foi justamente pensando no bem maior que mandamos um integrante extremista realizou um serviço extremamente perigoso. Ele sabia dos riscos, sabia das consequências e ainda sim aceitou a missão de braços abertos. Mark Chapman é o nome dele.
Veremos a seguir um áudio-relatório (Com aquela voz estranha) de um dos parceiros de Chapman na missão:

O codinome [De Chapman] era Hawk-3, eu era o 1, e o Clarence o 2. Assim que o alvo saiu do ninho ele se aproximou, a missão estava em sua fase final e assim que o 3 concluísse a fase, estaríamos livres. Seríamos condecorados no QG. Mas assim que o 3 efetuou o movimento, a coisa toda desandou: o 3 estava diferente, estranho. Ele não continuou o plano: ele devia subir no prédio que ficava a 3 quadras de distância e esperar o transporte, mas ele ficou lá parado. Tentamos nos comunicar com ele, mas ele desligou o rádio. Não podíamos revelar nossa posição nem nossa identidade, então fomos obrigados a sair de lá.

No mesmo dia a notícia correu o mundo:

Teve quem comemorasse, afinal, o alvo foi atingido, o pesadelo musical havia acabado, mas a missão foi um fiasco. Perdemos bons homens naquele dia. Poucas horas após a notícia ser dada já havia gente no local, prestando suas homenagens. Alguns diziam que John Lennon estava num lugar melhor: perto de Cristo. Tudo que podemos afirmar é que se eles tinham bacon, sim, eles estavam num lugar melhor.

Mas voltemos no tempo para uma retrospectiva:

1956 - John Lennon conhece Paul McCartney

1956 - Paul apresenta George Harrison para John Lennon

1960 - Ringo Starr se junta ao grupo

1961 - The Beatles começam a desgraçar a música

1963 - Início da Beatlemania (Lê-se "o terror começa")

1963-1966 - Subida "meteórica" (Para quem não sabe, meteoros não sobem, meteoros CAEM)

1969 - Abbey Road é gravado

1970 - Termina o pesadelo (Ou não...). Paul McCartney é tido como monstro e herói ao mesmo tempo.

Como assim cês eram mais famosos que Jesus?!?!?! Porra, cês copiaram o cabelo dele!!!!!!11

Mas de tudo isso, sabe qual o maior crime de John Lennon? SER VEGETARIANO. Siiiiim caros amantes da carne, John Lennon NÃO COMIA BACON. Desde 1966 John Lennon não comia carne. Talvez "carne de soja", mas CARNE DE SOJA NÃO É CARNE. Aliás, duvido que carne de soja seja realmente soja.

Não tem como fazer churrasco com isso.

Há quatro tipos básicos de vegetarianismo: o Ovolactovegetarianismo (Que tomam leite e comem mel e ovo), o Lactovegetarianismo (Que não tomam leite, mas comem mel e ovo), o Ovovegetarianismo (Que não comem ovo mas tomam leite e comem mel) e o Vegetarianismo estrito (Também conhecido como "greve de fome", que não se come ovo nem mel e não se toma leite). Obviamente todos os tipos de vegetarianismo dispensam a carne e consequentemente o bacon.

E os vegetarianos usam dos mais diversos artifícios (Dignos do Capeta) pra convencer pessoas normais a não comerem bacon: vai desde "é mais barato plantar beringela" até "mas porcos são bunitinhus!!!". Como eu já disse, Jesus era pobre e morava num lugar que não tinha água, Jesus comia bacon. Estava indo muito bem até uns 100 anos atrás, quando as pessoas esqueceram as palavras de Jesus e resolveram parar de comer bacon. Douglas Adams bem que tentou divulgar o problema:


"Um imenso animal leiteiro aproximou-se da mesa de Zaphod Beeblebrox, um
quadrúpede gordo e enorme, do tipo bovino, com grandes olhos d'água, chifres
pequenos e um sorriso nos lábios que quase poderia ser insinuante.

— Boa-noite — abaixou-se e sentou-se pesadamente sobre suas ancas —, sou
o principal Prato do Dia. Posso sugerir-lhes algumas partes do meu corpo? —

Rosnou e grunhiu um pouco, remexeu seus quartos traseiros buscando uma
posição mais confortável e olhou pacificamente para eles.

Seu olhar encontrou olhares de sobressaltada perplexidade da parte de
Arthur e Trillian, um dar de ombros resignado de Ford Prefect e a fome
descarada de Zaphod Beeblebrox.

— Alguma parte do ombro, talvez? — sugeriu o animal. — Assada com molho
de vinho branco?
— Ahn, do seu ombro? — disse Arthur, num sussurro de horror.

— Mas naturalmente que do meu ombro, senhor — mugiu o animal, satisfeito

—, só tenho o meu para oferecer.

Zaphod levantou-se de um salto e pôs-se a apalpar e sentir os ombros do
animal, apreciando.

— Ou a alcatra, que também é muito boa — murmurou o animal. — Tenho feito
exercícios e comido cereais, de forma que há bastante carne boa ali. — Deu
um grunhido brando, rosnou mais uma vez e começou a ruminar. Engoliu mais
uma vez o bolo alimentar.

— Ou um ensopado de mim, quem sabe? — acrescentou.

— Você quer dizer que este animal realmente quer que a gente o coma? —
cochichou Trillian para Ford.

— Eu? — disse Ford com um olhar vidrado. — Eu não quero dizer nada.

— É absolutamente horrível — exclamou Arthur —, a coisa mais revoltante
que já ouvi.

— Qual é o problema, terráqueo? — disse Zaphod, que agora transferia a
atenção para o enorme traseiro do animal.

— Eu simplesmente não quero comer um animal que está aí me convidando
para isso — disse Arthur. — É impiedoso!

— Melhor do que comer um animal que não quer ser comido — disse Zaphod.

— Não é essa a questão — protestou Arthur. Pensou então um pouco a
respeito. — Está bem — disse —, talvez seja essa a questão. Não quero saber,
não vou pensar sobre isso agora. Eu só... ahn...

O Universo à volta dele enfurecia-se em espasmos mortais.

— Acho que só vou querer uma salada — murmurou.

— Uma salada? — disse o animal virando os olhos em sua direção, em tom de
reprovação.

— Você vai me dizer — disse Arthur — que eu não deveria comer salada?

— Bem — disse o animal —, conheço muitos legumes que têm essa questão
muito clara. E é por isso, aliás, que foi decidido cortar esse problema
complicado pela raiz e criar um animal que realmente quisesse ser comido e
que fosse capaz de dizê-lo com tanta clareza e distinção. E eis-me aqui.
Conseguiu uma leve mudança.

— Um copo d'água, por favor — disse Arthur.

— Olha — disse Zaphod —, nós queremos comer, não queremos uma discussão.
Quatro bifes mal passados, e depressa. Faz quinhentos e setenta e seis
bilhões de anos que não comemos.
O animal levantou-se. Deu um grunhido brando.

— Uma escolha muito acertada, senhor, se me permite. Muito bem — disse —,
agora é só eu sair e me matar.
Voltou-se para Arthur e deu uma piscadela amigável.

— Não se preocupe, senhor", não serei cruel. Encaminhou-se gingando para
a cozinha.
Em questão de minutos, o garçom apareceu com quatro filés fumegantes.
Zaphod e Ford avançaram, sem vacilar duas vezes. Trillian parou, sacudiu os
ombros, e se serviu.
Arthur olhou para o seu, sentindo-se levemente enjoado.

— Ei, terráqueo — disse Zaphod, com um sorriso malicioso no rosto que não
estava se empanturrando —, que bicho te mordeu?
E a orquestra continuava.

Mas não conseguiu. Mas ele mostrou um ótimo argumento:

— Eu simplesmente não quero comer um animal que está aí me convidando
para isso — disse Arthur. — É impiedoso!

— Melhor do que comer um animal que não quer ser comido — disse Zaphod."


Que "eu" humildemente complemento:

Que mais você precisa para aceitar que comer bacon (Além de ser bom) é correto? Porra, Jesus comia bacon, Chuck Norris come bacon, todo mundo da OLOLCO Corp. come bacon, Homer Simpson come bacon, eu como bacon. BACON é o que há! Esqueça todo o resto: o que importa é o bacon, a carne. Quando se trata de comer há uma verdade universal: tem que ter carne pra pegar. Tente comer uma porta e sinta o gosto: de madeira. Madeira ruim. Bacon bom.


Jesus era homem. Homem HOMEM. Homens comem bacon, homens comem carne. Homens só não dizem que comem carne para não magoar pivetes frescos, muleques, gueis. Homem gosta de comem quem o que tem carne. John Lennon além de ser um artista ruim, ainda por cima não comia bacon: ele morreria de câncer, uma vez que rejeitava a cura do câncer, o chá de bacon. Jesus era HOMEM. E no final tudo se resume à apenas uma única frase:

E Deus fez o homem à sua imagem e semelhança.


Minha conclusão

Terminando o post ao som de Beatles!!!





O "Minha conclusão" não faz parte do post oficial, mas está aqui para não perder o costume. Vamos às explicações por partes:

1 - Não tenho absolutamente nada contra religião nenhuma, só odeio religiosos extremistas (e alguns não extremistas também, mas aí é mais por questão pessoal mesmo).

2 - Também não tenho nada contra vegeterianismo, aliás, meu pai é meio que vegetariano, portanto, nada de "salada faz bem pro cabelo" aqui.

3 - Eu gosto de Beatles. Sim, eu sei que o Pizurk deve ler isso, mas o blog é meu (uma grande perda de tempo por parte dele, mas enfim).

4 - O post inteiro é meio que uma sacanagem com tudo nele envolvido, desde Israel até o bacon, mesmo este último sendo muito bom.

5 - Sim, chá de bacon cura o câncer.

6 - Todos os itens que os homens não falam é a mais pura verdade, principalmente o número 22.

7 - Não gosto de fazer listas com números pares (quando fiz o post original não vi o erro na contagem, só acertei agora), mas não quis alterar o texto.

8 - Visitem o Bacon Frito.

9 - Esse post está sendo postado por dois motivos: além da já mencionada impossibilidade de postar algo "exclusivo", o post que você acabou de ler (ou não) foi rechaçado do Bacon... mas concordo com o que eles disseram... preciso parar com as dorgas.

10 - Lista com 9 itens é pouco.

11 - Como falei, não gosto de fazer lista com números pares.

See ya!


Related Posts with Thumbnails

0 comentários: Aquela ,Ein ,Ein!, Eu, blog ,opinião ,internet, 1 ,2 ,3 ,4 ,5 ,6 ,7 ,8 ,9 ,0 ,top ,x ,coisas ,vê ,isso ,links ,semana ,post , contos ,de ,duendes ,até ,quando ,acordes , aviso ,acorde ,vícios ,matinais ,porquês ,e ,afins ,vida

Postar um comentário