sábado, 13 de novembro de 2010

Porquês e Afins: Virgens, masturbação e o pegar mulher

 Aaaaaaaaaeeeeeeeeeewwww cambaaaaaaaaaaaaaaadddddddaaaaaaaaa!!!!

Pois bem, o assunto de hoje (ou "os assuntos de hoje") farão (ou não) você pensar um pouco acerca da sua sexualidade. E não, não terão fotos não religiosas neste post, pode esquecer (quero só ver como vou conseguir isso...).

Simbora!!!


Masturbação

Creio que todo mundo que usa a internet sabe o que é masturbação, afinal internet is for porn. Creio também que todos já sabemos aquela história de ajudar no auto-conhecimento do próprio corpo, desenvolvimento sexual e todo o resto. Portanto o post de hoje é voltado para uma reflexão mais profunda (foi sem querer, eu juro), vamos à ela:

Por que batemos punheta pensando em peitos e bundas? Quero dizer, mulheres não batem punheta (ao menos não para elas mesmas), mas por que nós homens fazemos isso? Já vemos peitos e bundas há mais de 150 mil anos, não era para acharmos isso normal? E ainda sim "homenageamos" tais partes do corpo feminino (ou masculino...).

Do ponto de vista "técnico" peitos e bundas são um conjunto de carne, músculos, pele, organelas e gordura (sim, gordura). Claro que tem gente que se masturba pensando em tortas de maçã, mas a maioria dirige seu pensamento para tais saliências femininas, o que é um tanto quanto irônico, uma vez que a maior parte desses... "esportitas" jamais desfrutarão de tais partes corporais... a não ser que elas sejam de plástico, claro.


Lugar de pegar mulher

Vou falar apenas uma vez: lugar de pegar mulher SÓ VAI HOMEM.

Pensem comigo: 99% dos homens que vão num lugar com a única intenção de "pegar mulher" só burros feito portas. Sendo burros feito portas eles tem TODOS a mesma ideia que é basicamente "vô lá pegá muié". Por consequência, todos esses homens vão ao mesmo lugar, fazendo com que o lugar tenha mais homens que mulheres, uma vez que o lugar tem uma capacidade máxima de pessoas.

Mas de todos os lugares para "pegar mulher" o pior é definitivamente um show de música. Qualquer tipo de música, apesar de funk, forró, eletrônicas e axé serem os tipos preferidos (Por que será, não?). Cara que vai em show pegar mulher é o mais otário: ele está PAGANDO para pegar ela. Porra, se eu quisesse pegar mulher eu ia na zona: eu estaria papagando, mas ao menos teria a certeza de que ela daria pra mim!

Resumindo: além de você ser um completo imbecil de ir em algum lugar só para "pegar mulher", você ainda vai se foder, já que só terá homens lá. Claro que se você mudar de time, ou jogar em ambos, você se deu bem, mas aí não posso garantir nada.


O coeficiente estatístico da pornografia

Se você está lendo isso, é bem provável que você já viu (e até mesmo fez) pornografia. O mercado da pornografia tem vários anos de existência, porém ganhou "fama" há pouco mais de 30 anos e de lá para cá cresceu exponencialmente, sendo provavelmente o mercado de maior crescimento mundial.

Todo o tipo de gente vê, ouvê, faz, pensa ou sente (vai saber...) pornografia, e deixando os moralistas de lado agora, pornografia está presente na vida de todo mundo. Em um mundo globalizado e consumista como o que temos hoje, é quase que inevitável passar por algo pornográfico. Quer maior demonstração sexual do que a novela-das-oito-que-passa-às-nove?

E claro, pormografia engloba não só a masturbação, mas também o "lugar pra pegar mulher". Como? Bem, se fosse for à um set de filmagem de um filme pornô e tiver algum por lá, você verá que este está querendo comer a atriz (ou atrizes) do filme. 

Apesar das opiniões controversas, o ramo da pornografia é tão saudável e respeitoso quanto outros ramos de serviço, sendo mais "sério" que meios como a política (clichê, mas foda-se) e até mesmo os programas de auditório e de humor da TV brasileira o que faz com que a pornografia mereça mais respeito que boa parte dos atores-de-verdade dos dias atuais.


Os Eternos Virgens

Nada contra os geeks, mas garanto que esse cara aí nunca terá relações sexuais (pelo menos não de graça).

Ahhh os Eternos Virgens! Faz tempo que eu quero falar (ou "escrever"... ou "digitar") sobre eles. Bem, os Eternos Virgens são aquelas pessoas que tem a capacidade de foderem (esse também foi sem querer) com suas chances de ter toda e qualquer chance de coito. Não necessariamente falando sobre coisas nerds, geeks ou qualquer outra coisa do tipo, mas falando sobre qualquer tema.

Já conheçeu alguém que consegue repelir as pessoas não por ser feio ou fedorento, mas pelas coisas que fala? Normalmente são aqueles caras tarados que só falam sobre sexo e se agarram a postes de mesas para tentar simular uma relação sexual, mas claro que os Eternos Virgens não se resumem à esse grupo.

Eternos Virgens estão em todo lugar, são dos mais diferentes tipos e fazem as mais diferentes coisas, mas todos tem algo em comum (além de espantar as pessoas): todos eles são completamente irritantes em seus respectivos tópicos. Eles tem a tendência a só falar sobre um assunto e fazer com que todas as conversas cheguem à este assunto. Sabe aqueles filmes em que um grupo de garotas desvia de um cara só de verem ele? Pois é, diferentemente desses filmes, na vida real elas continuarão desviando dele e não ficarão com ele alguns anos depois (ou depois de um acidente atômico que altera o DNA).

Eternos Virgens usam coisas assim.

É bem fácil localizar os Eternos Virgens, mas como tem muita gente burra no mundo, vai aí uma pequena lista do que eles fazem/não fazem:

1 - Como já falei, se atracam em coisas e simulam coisas não religiosas
2 - Usam camisas como a da foto
3 - Jamais deixam escapar uma piada comprometedora
4 - Não tem o mínimo talento para ter relações sociais minimamente normais
5 - Sempre fazem questão de falar com VOCÊ (principalmente se você for mulher)
6 - Fazem insinuações com tudo
7 - Não tem o tal do "desconfiômetro"
9 - Encara toda e qualquer palavra que tenha qualquer relação como um convite para tal ato
10 - São pansexuais
11 - Se excitam com qualquer coisa

É importante lembrar que apenas homens podem ser Eternos Virgens, uma vez que mulheres conseguem homens para transar com a mesma facilidade que peixes conseguem nadar. E depois, mulheres virgens são a espécie mais ameaçada de extinção atualmente: se antigamente as pessoas começavam a ter relações sexuais aos 13 anos, atualmente a idade deve estar por volta dos 7 ou 8 anos (eu ia falar uns 5 anos, mas isso seria chocante demais... pera... eu não ligo!).


Por que as pessoas fazem isso?!

Hã... é.

Que atire a primeira pedra quem não tem uma parafilia própria. Parafilias são coisas completamente normais e saudáveis para as pessoas, porém tem gente com mais... hã... coragem que outras e resolvem elevar seus fetiches de nível. Dentro das mais diferentes perversões que o ser humano é capaz temos que pensar em duas coisas:

a) Qual o estímulo que a pessoa tem com isso
b) Por que achamos isso estranho

Cada um gosta de uma coisa quando se trata de sexo: já vi pessoas que tem fetiche em transar numa montanha russa. Se você acha isso estranho, jogue "parafilia" no Google, garanto que você sairá traumatizado (ou inspirado) e irá querer me matar (o que pode levar à um caso de necrofilia... o que não é tão legal... pelo menos para mim).

Na hora de responde à primeira pergunta, a maior parte das pessoas responderá que é estimulada pelo prazer que tem com sua respectiva parafilia. Parafilias e desejos sexuais não tem muito a ver com seus traumas de infância, esqueça o que os psicólogos dizem: não é porque sua avó te batia que você vai gostar de sadomasoquismo.

Já a segunda pergunta toca um ponto-chave (ou deveria dizer "ponto g"?) da sociedade: a hipocrisia moralista. O ser humano faz tudo que é merda há milhares de anos, mas ainda tem gente que insiste em fazer de conta de que tais fatos são incrivelmente desprezíveis. Basicamente é aquela história do "excluir o que não entendemos"... porra, entender que uma pessoa gosta de comer bosta não é difícil. Nojento, mas não difícil: 2 girls 1 cup taí para provar isso (e por informação, o nome da parafilia é coprofilia, ou como conhecido nos compartilhadores e nos sites pornôs "scat").


Minha conclusão

Post pequeno hoje... estou tão bondoso nessas últimas semanas.

Enfim, quando se trata de falar de sexo tem dois meios mais comuns: ou é tratado como tabu ou é tratado quase que "aberto demais". São os dois extremos: enquanto em família o sexo é visto como algo "proibido" (claro que estou generalizando, mas se você não entendeu isso também não entende nada aqui no blog) na internet, com os amigos ou sei lá mais onde, o sexo é considerado como "a única forma de vida possível". Não há um meio termo.

Jogue "masturbação" aí no Google e você verá basicamente 2 tipos de resultados: os que ensinam "técnicas" de masturbação e os que explicam cientificamente a masturbação. O assunto "sexo" como um todo não deve ser negligenciado, mas de forma alguma deve ser tratado com ênfase. Fazemos sexo há centenas de milhares de anos, gozar é normal porra!!! E sim, agora foi de propósito. Falar de sexo tem que ser igual a falar do tempo, do jogo de domingo e do que aconteceu na novela: não tem nada de mais.

Sexo é sexo. Não é uma dádiva, mas também não é um ato pecaminoso. Não tem nada de mais, nunca teve... bem deve ter tido pro primeiro Homo-não-sei-que-espécie que "descobriu" o sexo, mas o Homo já está nessa porra de planeta há quase 1 MILHÃO DE ANOS e há pelo menos 999.999 anos ele faz sexo. Caralho, que dificuldade há em aceitar que sua avó transava? Você veio da porra do seu pai (literalmente), então viva com isso e foda-se!

Portanto caros leitores imaginários, pensem muito bem antes de ficar com vergonha quando o assunto é sexo, masturbação e tudo mais, ajude aquele seu conhecido que é Eterno Virgem à mudar e conseguir ser uma pessoa normal e por tudo que é mais sagrado, JAMAIS compre uma vaca de plástico.

See ya!!!
Related Posts with Thumbnails

0 comentários: Aquela ,Ein ,Ein!, Eu, blog ,opinião ,internet, 1 ,2 ,3 ,4 ,5 ,6 ,7 ,8 ,9 ,0 ,top ,x ,coisas ,vê ,isso ,links ,semana ,post , contos ,de ,duendes ,até ,quando ,acordes , aviso ,acorde ,vícios ,matinais ,porquês ,e ,afins ,vida

Postar um comentário