domingo, 12 de dezembro de 2010

Vícios Matinais: Álcool, putaria e a verdade sobre as pessoas

 Aaaaaaaaaaaeeeeeeewwwwwww cambaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaadaaaa!!!!!!!!!

Pois bem, dia de post aqui no blog e como já estamos em dezembro, este é o novo visual do blog até o Natal. Dia 26 o visual muda de novo para a comemoração do Ano Novo. Ainda os avisarei sobre o que vai acontecer aqui no blog nessas próximas semanas, mas já adianto que farei o post de Natal (como prometi no Natal do ano passado) e também a retrospectiva de 2010 junto com as indicações dos blogs que eu costumo acessar (novamente, que nem ano passado). Além do visual daqui do blog mudar, o background da porra do Twitter também mudou e também vai mudar para o ano novo. Ahh, e está nevando! De novo!

 Além disso, taí o novo blog do Negão. Tá certo que ELE NÃO POSTA NO ANTIGO, mas como não me custa nada avisar e devo bastante à ele, fica aí a indicação.

Agora, sem mais delongas vamos ao antepenúltimo post do ano.

Simbora!!!


Álcool

Eis o etanol. Pois é, você bebe o mesmo álcool que seu carro! E tem gente que diz que o cão é o melhor amigo do homem!

O álcool é praticamente a bebida milagrosa: esqueça a Fonte da Juventude, o álcool é que te faz viver de verdade. Reponsável pela felicidade de 8 em cada 10 homens (os outros 2 se dividem entre dinheiro e futebol) e pela chance de muitas pessoas de perderem a virgindade, o álcool é uma das melhores invenções do ser humano.


Só para constar, ela cantando essa música hoje em dia é algo horrível de se ouvir.


Beber


Claro que o álcool puro não é responsável por tantos momentos de felicidade, e é por esse motivo que devemos colocar fermentados, destilados e os coquetéis na equação. Só para citar alguns exemplos, vai aí o rum, a cachaça, o vinho, a vodca, a tequila e o conhaque.

Beber tem várias funções: desde aumentar a socialização até diminuir a vergonha na cara das pessoas. As pessoas bebem pelos mais diferentes motivos e com as mais diferentes finalidades: tem quem beba para esqueçer as merdas que fez e quem beba para fazer merda.


Causas e consequências

Vamos por partes (e sim, eu estava com saudades de dizer isso), primeiro as causas:

Causas: Seu pai morreu, você bateu o carro, você matou alguém, foi deixado no altar, perdeu tudo nas apostas (nesse caso você provavelmente será chutado para fora do bar, mas enfim...) ou sua sogra vai te visitar. Motivos para beber é que não faltam.

Indo desde coisas completamente simples como o calor (E aqui está um calor do caralho, só para constar) até situações extremamente complicadas, como o fim do mundo (menos de 2 anos, cambada!), as motivações para beber são um tanto quanto divertidas, principalmente aquelas toscas que os bêbados inventam para ir ao bar.

Consequências: claro que a principal consequência de beber é ficar bêbado. A questão é o que você faz durante e/ou depois de estar bêbado. Desde ficar "ligeiramente feliz" até o nível master, no qual você faz merdas quase que inacreditáveis, as consequências nem sempre são legais, mas definitivamente são interessantes para quem está observando de longe.

O legal mesmo são as desculpas que os bêbados dão quando estão bêbados. Não que seja divertido ver alguém caindo a cada 2 passos, mas é legal ouvir coisas como:



É tosco e idiota, mas é divertido... ou quase.


Vai dar merda

 Dentre as merdas que fazemos durante o estado alterado pelo álcool, algumas delas acabam se tornando clássicas: falar enrolado, cair, perder o senso de direção e desaparender a contar são alguns bons exemplos. Mas esqueça estes por um momento. A seguir vocês verão algumas das merdas que quase sempre rolam e você provavelmente vai se recordar de várias coisas ao lê-las.


Ser jogado na piscina

Eis o primeiro plano para curar bebedeira e/ou ressaca, principalmente durante festas e churrascos. A esperança é que o contato direto e total com a água exorcise o álcool do seu corpo quase que imediatamente, o único problema é quando o nível etílico no sangue é grande o suficiente para fazer com que a pessoa não suba de volta para a superfície... mas quem liga?!


Música ruim

Só esclarecendo algo: os caras aí da foto provavelmente estão tocando pagado de qualidade (e sim, há pagode de qualidade), mas não achei nenhuma imagem melhor para por aqui, e é por isso que foderei com os tímpanos de vocês colocando isso aqui:



Só UMA coisa: meteoros CAEM, sua anta.

Quando estamos bêbados a música basicamente vira o que os hippies queriam que virasse: tudo. Todas as músicas passam a ser incrivelmente espetaculares e bem executadas. Quase que como mágica aprendemos a letra de todas as músicas do universo, mesmo sem tê-las ouvido antes e nosso senso crítico é pulverizado pelos maravilhosos efeitos sonoros de coisas como trance, forró, sertanejo universitário e axé. E é a música que nos leva ao próximo tópico também:


Aprendemos a dançar



Não há curso de dança melhor que o álcool. Nada, absolutamente nada, te faz danças como o Michael Jackson em tão pouco tempo e com tantos resultados. Aliás, não só aprendemos a dançar, como também aprendemos a ensinar os outros a dançarem, e sabem qual o melhor disso?

...

É... nem eu.


"Vô pegá!"

Não, não farei comentário algum sobre a imagem.

Dentre os muitos efeitos do álcool, está a perda de inibição. E com isso algumas pessoas passam a fazer algo geralmente classificado como "vulgar" ou "sexy" e que eu classifico como "putaria": passam a se insinuar para outras pessoas.

A insinuação, creio eu, é algo importante num relacionamento e até mesmo durante o flerte (ainda usam essa palavra?), mas a partir do momento em que tal insinuação só acontece por causa do álcool (não que a pessoa não quisesse antes de beber, mas quando só faz isso "com a ajuda da bebida") é algo totalmente inválido.

Se você quer se esfregar em alguém (ou em algo, sei lá), fique à vontade para isso, mas faça quando está com menos de 0,5 g/L de álcool no sangue, afinal, ninguém gosta de acordar no dia seguinte, com dor de cabeça e náuse, virar para o lado e notar que tem uma pessoa que você nunca viu na vida alí... mais ou menos assim:

Aos tarados, notem que há sangue aí. Aos necrófilos, bem, divirtam-se.


Sexo

Sim, você acabou de se foder.

É quase que unanimidade que bêbados passam vergonha e estão pouco ligando para isso (por isso que beber é divertido!) e é 99% de certeza que sempre haverá um filho da puta com uma câmera por perto. Não precisa de muito para achar milhares de fotos e vídeos de bêbados (e bêbadas - e sim, eu sei que é nisso que vocês estão pensando) fazendo merda (e coisas não religiosas) por aí.

É bem provável que a pessoa irá se arrepender depois que ficar sóbria, mas nessa altura do campeonato (e olha a expressão de 10 anos atrás) a foto e/ou vídeo já está na internet com títulos como "truco valendo o toba" e "gostosas bêbadas"... só eu me preocupo com a quantidade assustadora de pessoas ficando bêbadas e fazendo merdas?

Preocupação social não é pra qualquer um não.


Vergonha alheia

Uma das coisas mais legais de se fazer com pessoas bêbadas é foder com a imagem deles e, claro, todos temos amigos filhos das respectivas putas dispostos a foderem com nossa imagem (e apenas com a imagem, seus punheteiros!).

E vejam só! São os primeiros peitos de verdade que aparecem aqui no blog... mas acho que isso não é a primeira coisa que vocês notaram... estou me sentido tão pornográfico agora.

Mas agora eu borrei a imagem e já está tudo bem.

Sigamos em frente!

Pregar peças, tirar fotos constrangedoras, filmar coisas idiotas e falar idiotices são partes incrivelmente fodas (o bom e puro sentido da coisa) de quando se está bêbado ou quando estamos juntos de quem está bêbado. Porra, quer alegria maior que beber e falar mal de quem bebe?!


Rodar na mão dos "amigos"

Vi esse filme e pensei "nooosa, que mulher foda!", vi as imagens dela fora do filme e pensei "nooosa, que edição de imagem foda!".

Entramos aqui num embate que já dura vários anos (até mesmo décadas): mulher que fica com vários é rodada, homem que fica com várias é pegador. Já falei de relançe sobre isso alguns posts (procurem aí, seus preguiçosos!), mas prometo abordar de forma direta num outro post.

Como já falei, o álcool faz você soltar a franga (e mais uma gíria antiga nesse post) e fazer um monte de merdas, e entre essas merda inclui dar (entendam este "dar" como quiserem) para várias pessoas (que muitas vezes se conhecem) num curto intervalo de tempo e no mesmo lugar.

Acho que o maior mérito dessa imagem é não mostrar nenhuma parte íntima... trabalho complicado para o fotógrafo.

Eu sou a favor dos relacionamentos sérios e duráveis (é até meio irônico eu achar isso...) e tudo mais, então sou suspeito na hora de dizer que acho uma idiotice sair ficando com um monte de gente por aí. Não que eu me preocupe com as idiotices que as pessoas falam, como é o caso da mulher ser considerada rodada, mas sei lá, acho que é meio que um desrespeito consigo mesmo(a) e com a(s) pessoa(s) que você já ficou... e não, não farei piadinhas com "tá tentando compensar algo".

De uma forma ou de outra, não é algo que eu apoie, apesar de também não ser algo que eu renegue... no final das contas, a vida é sua e você tem direito de fodê-la como quiser (tanto literal quanto figurativamente falando) só tenham consciência.


Traição

Prometo que é o último tópico chato do post. Sério.

Claro que a traição já existem há muito, mas muito tempo mesmo, mas nesses últimos anos virou praticamente uma obrigação num relacionamento. Toda a mídia e a sociedade passaram a ver a traição como algo comum (até aí nenhum problema), aceitável e saudável (e aí sim está o problema) para as pessoas.

Porra, é triste eu dizer isso, mas prefiro a hipocrisia que diz que trair é algo ruim. Não sou o tipo que vê duas pessoas casadas há 50 anos e diz "ahh, que lindo!", mas sou realmente contra traição, em todos os sentidos possíveis. Ainda falo sobre isso num outro post, mas só para encerrar o assunto por agora, minha opinião é "se você quer ficar com outra pessoa, termine o relacionamento antes".

Enfim, estar bêbado virou desculpa para trair as pessoas... é um ótimo exemplo de covardia, cafonice e desrespeito, tudo numa coisa só... é um record!!! E eu sei que vou parecer muito gay na próxima frase, mas eu odeio homem (e mulher) galinha.



Agora senta e... ah é, não dá!

Uma das coisas mais importantes para se lembrar antes de tomar a decisão de beber é que cu de bêbado não tem todo, mas cu de quem está de ressaca tem.

Já falei e sempre vou falar: equilíbrio é o que há, o foda é que bêbado não tem equilíbrio (hein? hein? pegaram?!) então meus caros só resta mesmo é usar cinto de castidade e guardar a chave em locais no qual nem você mesmo sabe (afinal, vai que você resolve ter novas experiências)... ou libera geral, você não vai lembrar mesmo.


Mostra sua verdadeira face



Eis o clímax da bebedeira! Quando estamos bêbados tendemos a mostrar nossa verdadeira opinião sobre as coisas e sobre as pessoas (taí um bom tema pra post...). Deixamos de lado toda a hipocrisia e a educação que temos e falamos, da forma mais natural do mundo, tudo que vem na nossa mente. Claro que normalmente são coisas que nunca diríamos (pelo menos não em público) e negaríamos até a morte caso nos perguntassem, mas não com o álcool correndo pelos neurônios!

Por isso que transar com alguém bêbado pode ser frustrante e até mesmo perigoso: nunca se sabe quando pscicopatas estão armando algo, até eles beberem. É quando estamos junto de pessoas bêbadas que descobrimos coisas que queremos (ou não) descobrir, que ouvimos coisas que queremos (ou não) ouvir e que vemos coisas que queremos (ou não) ver.

Resumindo: estar do lado de bêbado é ganhar conhecimento. Chupa essa internet!!!


Minha conclusão

Cambaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaddddddaaaaaaaaa, vamos à última música do post!!!!!



O álcool pode melhorar muito sua vida, mas também pode foder muito com a sua vida, e notem que eu nem estou falando da dependência química. Claro que beber é uma coisa divertida, mas pessoalmente prefiro estar sóbrio... quando se é feio como eu, respeitar a pouca imagem que resta é fundamental.

Ainda sim, o melhor mesmo é beber sem chegar à um coma alcoólico, matendo o nível de sobriedade e cuidando para não fazer nenhuma grande merda e acabar tendo fotos suas na internet. Se bem que se você gostar de virar uma "celebridade" e ter fotos de você pelado (ou pelada), fique à vontade para fazer o que quiser. E se você for mulher e quiser fazer algo do tipo, (momento pilantra on) mande as fotos para mim, assim eu publico primeiro e ganho mais visitas (momento pilantra off) aqui no blog.

Bem, taí, post. Para terminar bem, eis meu último post no Bacon e a indicação da coluna do Dr. Drinks no Papo de Homem que é uma das melhores colunas sobre bebidas atualmente. De resto, tenham uma boa semana e se beberem não dirijam!

See ya!!!
Related Posts with Thumbnails

0 comentários: Aquela ,Ein ,Ein!, Eu, blog ,opinião ,internet, 1 ,2 ,3 ,4 ,5 ,6 ,7 ,8 ,9 ,0 ,top ,x ,coisas ,vê ,isso ,links ,semana ,post , contos ,de ,duendes ,até ,quando ,acordes , aviso ,acorde ,vícios ,matinais ,porquês ,e ,afins ,vida

Postar um comentário