domingo, 15 de maio de 2011

Top X Erros que pais cometem ao criar os filhos

Aaaaaaaaaaaaaaaaaaeeeeeeeewwwwww cambaaaaaaaaaaaaaaaaaddddaaaaaaa!!!!!!!

Eis que estou aqui para mais um post. Sim, eu sei que estou atrasado e tudo mais, mas é graças à uns contratempos que tive (um deles é que eu esqueci que era sábado e tinha que fazer o post). Mas, não se desesperem, caros leitores imaginários, pois estou aqui, para alegrar o fim de semana de vocês!

Mas para me desculpar, vai aqui uma música para vocês:



Ahh, os anos 80...

Portanto, sem mais recados, vamos ao post.

Simbora!!!


Pais, mães e familiares

Vocês podem até não acreditar, mas às vezes, nem eu fico feliz com as fotos que coloco nos posts.

Das muitas coisas que o ser humano pode se gabar de ter conseguido, uma delas é a de não nascerem por geração espontânea. Claro que uma pessoa pode ficar órfã, pode matar toda a família ou pode nascer morto (o que é um tanto quanto irônico, diga-se de passagem), mas ainda sim ela tem/teve/vai ter uma família, seja esta família biológica ou adotiva.

Quando você assina o contrato dizendo que aceita ter uma família, está imbutido pai, mãe, irmãos e irmãs talvez, quem sabe avós paternos e maternos. Sem falar, nos primos, tios, tios-avós e até mesmo bisavós, podendo evoluir para genros, sogras, sobrinhos, filhos e netos. Para resumir, ter uma família é assinar um contrato, dizendo que você aceita (goste ou não) que pessoas te encham o saco, mas que também permite que você encha o saco delas. 


A pessoa mais importante da sua vida

Uma das grandes verdades da humanidade...

Sua mãe, sua namorada, seu marido, sua tia de sexto grau, seu melhor amigo, nenhum deles (as) é a pessoa mais importante da sua vida. Aí você diz: "Pera, como assim minha mãe não é a pessoa mais importante da minha vida?! Ela que me deu a luz!!!".

E eu respondo: Chuck Norris te deu a luz, sua mãe te pariu. Além disso, se você for adotado, tal argumento é inválido.

"Mas ela que me criou porra!"

Verdade, e sua mãe é sim MUITO importante na sua vida, mas a pessoa que é mais importante que todas as outras é seu PAI. Porque? Simples: é a primeira pessoa que você chamou na vida. Duvida? Vai lá e pergunta para a sua mãe, que ela vai  te confirmar isso.

...

"Ah, mas é só porque 'papa' é mais fácil que 'mama', seu burro!"

Não, não é. Antes mesmo de aprender a mentir, o ser humano já é folgado, preguiçoso e interesseiro: sua mãe pode te dar leite, mas somente seu pai faz sua mãe te dar leite 8 vezes por dia ao invés de te jogar do berço a cada choro. Pode ir perguntar para a sua mãe se ela já não arrancou os cabelos por causa dos seus choros às 4 da matina, eu espero.

...

Pois é, meu caro, agradeça ao seu pai por você não estar num caixão agora.


Seus pais te amam

Tá, pode até ser que seus pais não te amam (por isso te abandoram no cesto de lixo do metrô) e que você não tenha sido adotado (porque você é feio, chato, chora demais e é indesejado - que aliás, foram os motivos que levaram seus pais biológicos a te deixarem no cesto de lixo do metrô), sendo criado num orfanato à la Oliver Twist, mas para todos os efeitos de causa, você nasceu e (à princípio) seus pais gostaram de você, resolvendo criá-lo.

Como, sabe-se lá caralhos porque, pais gostam de seus filhos, mesmo que esses sejam uma pestes (ou assassinos ou psicopatas ou pedófilos), eles querem que você seja feliz em sua vida, que se case e que dê netos e netas à eles, em suma, seus pais só querem seu bem, e é aí que a porra toda desanda.

A seguir, vocês terão vários erros que pais (e mães, claro) cometem para com seus filhos. Claro que a maioria deles é feita na melhor das intenções, mas como as piores coisas do mundo são feitas com boas intenções, fica este post para você que é pai (ou mãe) aprender que seus filhos te odeiam tanto quanto você os odiava às 4 da madrugada.


1 - Impedir os filhos de cairem

Criança precisa brincar, e cair durante a brincadeira é parte disso. Já ralei tudo que é parte do corpo e digo, com certo orgulho até, que ainda tenho cicatrizes no joelho dos muitos tombos que já levei no PARALELEPÍPEDO de casa (piso é para os fracos).

Acreditem, é importante que seus filhos caiam e abram o berreiro, para minutos depois estar correndo de novo. Esqueçam aquela putaria de tornozeleira, caneleira, cotoveleira e sei lá mais o que: no máximo um capacete (de plástico mole e fino) para ninguém te processar por negligência.


2 - Dizer "sim" para tudo

Poucas coisas são piores que pivetes mimatos, então antes que alguém como eu empale seu filho, tome cuidado para não fazer tudo que ele quiser.


3 - Dizer "não" para tudo

Outra coisa igualmente irritante é gente que reclama de absolutamente tudo e fica revoltado com o mundo por isso (diferentemente de mim, que sou uma pessoa alegre e de bem com o mundo), portanto, seja um pai (ou mãe) legal e deixe seus filhos fazerem algumas coisas, mesmo que algumas delas fodam com eles e você sabia que iriam foder com eles (se ficou em dúvida, leia o item 1). 


4 - Aceitar as frescuras dos filhos

Crianças são, na grande maioria das vezes, cheias de frescuras, e, para a infelicidade de quem está perto, essas frescuras abrangem uma enorme gama de coisas (a grande maioria delas totalmente inútil), indo desde querer algo como uma alcachofra até fazer birra na hora de ir para a escola.

Muitas vezes "frescura" é confundido com "gosto", uma vez que a maioria das crianças se expressa da mesma forma (chata e irritante) para ambas, mas basta prestar atenção para definir qual é qual.


5 - Deixar seu filho assistir Discovery Kids

Tá certo que a programação atual na TV, tanto aberta quanto fechada, está uma merda, mas o Discovery Kids ultrapassa o limite: nunca antes na história da humanidade uma programação infantil foi tão mal feita e desrespeita tanto a inteligência de uma criança. Hi-5 e Hi-5 Austrália (sim, tem DOIS), George, o curioso (o filme até passa, mas o desenho...), Martha Fala, Meu Amigãozão, Mister Maker, Noddy no País dos Brinquedos, O Mundo Divertido de Peep, Os Amigos do Sunny Patch da Miss Spider, Peixonauta, Pocoyo, Roary, o carrinho de corrida, Thomas e seus amigos e As Aventuras de Doki e Backyardigans são só algumas das porcarias que passam por lá atualmente.

E sem falar em LAZY TOWN e BARNEY (porra, ainda passam Barney!!!) que são os "desenhos" mais pedófilos jamais criados no mundo (além de serem incrivelmente ruins). E na puta desonra com Babar, que era um desenho foda pra caralho e que virou aquela animação 3D de merda, e nas temporadas ruins de Franklin, que também era foda. Então, caros leitores-imaginários-com-filhos-imaginários, não deixem que um canal de TV de merda estrague seus filhos.


6 - Deixar seu filho comer o que quiser

Claro que essas porcarias todas são gostosas, e que de vez em quando não faz mal algum, mas deixar seu filho comer sempre o que ele quiser (e ele sempre vai querer essas porcarias) vai contra a saúde e contra o bom senso: criança com frescura para comer é pior ainda que criança com frescura para ir na escola porque está assistindo Discovery Kids.

Isso sem contar que a criança vai crescer e vai ser um adulto insuportável, daqueles que só come miojo com salsicha, banhados no ketchup. E só para esclarecer um ponto aqui, Cheetos Requeijão é uma bosta, bem como Pingo d'Ouro e Stiksy.


7 - Dar poderes demais muito cedo

É por causa desse tipo de merda que aparece esse tipo de merda.

Com o Tio Ben já dizia, com grandes poderes vem grandes responsabilidades e muitos vilões malucos. Se você dá liberdade demais para um adolescente, é óbvio que o adolescente só vai fazer merda. Por que vocês acham que a AIDS se espalhou tanto? Por que vocês acham que tem adolescente grávida aos 12 anos? Por que vocês acham que tem pivete de classe média alta andando com "banca" de traficante?

Me lembrem de fazer um post só sobre isso qualquer dia desses... e esperem um posto ao melhor estilo daqui do blog: longo, chato, cansativo, cheio de reclamação e palavrões, com piadas ruins, muita caixa alta e sem clichê nenhum, porque ESSA PORRA TÁ PRECISANDO . 


8 - Não aterrorizar pretendentes

Meus caros, um homem tem que fazer o que um homem tem que fazer, e uma das coisas que um homem tem que fazer, é zelar pelo que é seu. Isso não é machismo, isso é ser um bom pai.

Como todos sabemos, 99,6% dos homens só pensam em sexo e cerca de 80% desses que só pensam em sexo (10% são realmente doentes e os outros 10% são gays) são completos babacas e idiotas que só estragariam a vida da sua filha, logo, ser um bom pai é tomar cuidado para que sua garotinha não caia na garra de tarados vagabundos.


9 - Ser ausente

Pai ausente não é pai, é desconhecido. E caso você seja burro o suficiente para entender que "ausente" não significa necessariamente que está sempre fora de casa, clique no "x" vermelho no canto do seu navegador.


10 - Ficar no pé o tempo todo

Filho nenhum gosta de pai ausente (até que ela pare de ligar para tal pai, claro), mas o oposto é ainda pior. Sabe quando a namorada pede pro maluco para eles "darem um tempo" (para ela traí-lo com o capitão do time de futebol americano)? Pois é, é quase isso.

Pessoas precisam de espaço, tanto físico quanto... psicológico (não achei nada melhor). É aquela coisa de nem 8 nem 80: largar para as traçar é tão ruim quanto enrolar no plástico bolha... mesmo plástico bolha sendo divertido.


11 - Não influenciar nos gostos dos filhos

Ninguém nasce já gosta de uma coisa e não gostando de outra, gosto (independentemente sobre qual coisa) é algo que vai sendo criado através dos anos, pela influência de família, amigos, TV, internet e opiniões pessoais (que está em falta atualmente...).

É dever dos pais mostrar para o filho o que é bom e o que é ruim sobre um monte de coisas: filmes, música, livros, jeito de agir, etc. Mas claro que se você for fã de Michel Bay, ouvir Rihanna, ler Paulo Coelho e andar por aí vestindo verde fosforescente, você pode ser omisso sem problema algum.


12 - Mentir sobre coisas importantes

É totalmente normal os pais mentirem para os filhos, mas tem coisas sobre as quais não se deve mentir (adoção é uma dessas coisas) por um único e simples motivo: quando o filho (ou filha) descobrir, dará uma merda enorme para todo mundo.

Só para citar, coisas como a adoção, doença degenerativa, seu avô morreu, vamos nos divorciar e você nasceu hermafrodita, são algumas das quais se devem conversar.


13 - Intrometer-se em tudo

"Mas porra, esse não é igual ao item 10?"

Não, diferentemente do item 10, este item trata de quando os pais querem saber (e normalmente acabam sabendo mesmo) absolutamente tudo que o filho faz, sendo que o item 10 trata do super protecionismo. Claro que não são só pais que são enxeridos, mas há um bom número de pais nesta categoria.


14 - Dar liberdade total

Se formos levar isso nos níveis máximos, "liberdade total" não existe, mas como o post se refere à paternidade, digo apenas que a anarquia é uma das piores merdas que pode acontecer ao mundo (principalmente num mundo constituido por socieades organizadas).

...

Tava até com saudades de fazer um item que fizesse vocês pensarem nele. 


15 - Não mandar eles se virarem

A tal da "adultescência" é uma das merdas que a sociedade criou nas últimas décadas (pois é, décadas) e que mostra muito bem toda uma geração de pais ruins. Como já dizia Zezé di Camargo (e o Luciano repetindo), filho tem mais é que sair de casa, quer os pais chorem na porta da casa na pequena cidade ou não.

E não é só sair de casa que se aplica, mas aprender a se virar: tarefas domésticas, trabalhar, arranjar uma vida social (ou não, considerando os dias de hoje...) e coisas do tipo, nada de pedir colinho e mamadeira aos 30 anos de idade.


16 - Cobrar resultados

Pressão de mais traz apenas um resultado: uma explosão, seja de nerdos, de vapor, de miolos ou de explosivo plástico. E a coisa só piora se a pressão for feita na hora errada sobre o assunto errado. Claro que é compreensível tal cobrança, mas ainda sim, tem horas que isso não ajuda em nada, podendo deixar as coisas piores do que estavam no início. 


17 - Não cobrar resultados

Entretanto, uma cobrança "saudável" sempre ajuda a obter resultados, uma vez que há um motivo para que ações sejam feitas... é tudo uma questão de injetar a dose certa, para nem ter uma crise de abstinência e nem uma overdose.


18 - Querer somente bem do seu filho

Uma coisa que pais jamais vão entender (e é até bom que não entendam...) é que querer somente o bem de seus filhos é algo errado. Errado porque obviamente os filhos não estarão sempre bem e errado porque muitas vezes, nem mesmo os próprios filhos querem o próprio bem, e é realmente bom que não queiram, aprende-se mais com o mal do que com o bem, feliz ou infelizmente. 


19 - Querer que seus filhos sejam iguais a você

Eis o pior erro que os pais podem cometer. Sabem aquela conversa clichê e sem graça de cada um é cada um? Pois é, é a mais pura verdade, então, feliz ou infelizmente, a maior parte das coisas na vida as pessoas tem que aprender por si mesmas, acertando e errando (obviamente errando MUITO mais), e talvez quem sabe haja a possibilidade de ela ser melhor do que seus pais foram (seja lá o que melhor significa). 


Minha conclusão

Cambaaaaaaaaaaaaaaaaddddddaaaaaaaa, finalmente chegei ao fim de mais um post. São 4:34 da matina de domingo, estou totalmente atrasado com este post, mas vejam que sensacional: estou, finalmente, conseguindo postar semanalmente! YEAAAAHH!!!!!!

É claro que cada pessoa tem um jeito diferente de criar seus filhos, e muitos fazem um bom trabalho (mas muitos também fazem um trabalho ruim), seguindo ou não o que falei no post de hoje. Assim como em vários outros Top X e Coisas, essa aqui é só uma pequena parte de uma lista gigantesca e totalmente customizável. Claro que eu estou certo sobre a maioria delas (humildade é isso aí: admitir que é bom ao invés de ser falso modesto), mas isso é um mero detalhe.

Sigam vocês ou não estes itens, desejo boa sorte à todos que serão papais e mamães no futuro, afinal, passar meses acordando de madrugada, trocando fralda, dando mamadeira, acalmando choro, limpando vômito, ensinando a andar, brincar, ensinar o certo e o errado, guardar coisas espalhadas pelo chão e assistir os mesmos desenhos infantis centenas de vezes em seguida não é para qualquer (e no caso das mulheres, mesmo depois disso tudo e de carregar um peso enorme por 9 meses, ouvir que o papai é mais importe).

See ya!
Related Posts with Thumbnails

0 comentários: Aquela ,Ein ,Ein!, Eu, blog ,opinião ,internet, 1 ,2 ,3 ,4 ,5 ,6 ,7 ,8 ,9 ,0 ,top ,x ,coisas ,vê ,isso ,links ,semana ,post , contos ,de ,duendes ,até ,quando ,acordes , aviso ,acorde ,vícios ,matinais ,porquês ,e ,afins ,vida

Postar um comentário