sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Explicações

Um dia, muito tempo depois de Adão e Eva, mas ainda sim há muito, muito tempo atrás, Deus notou que as mulheres, como um todo, estavam infelizes. Deus, após muito meditar sobre o assunto, resolveu que colocaria todos seus poderes à prova, para criar algo que trouxesse a alegria para as mulheres.

Por um dia inteiro Deus pensou, e, finalmente teve uma ideia: Criaria o galã. Adão teve vida fácil, e os outros homens depois dele também: Haviam mulheres para todos, e estas ainda consideravam o homem uma novidade.

Por outro dia inteiro Deus trabalho, incansavelmente, e ao final deste dia, sua mais nova criação estava pronta: Edson Celulari. E Deus o colocou no mundo, junto das mulheres, para a felicidade destas e o ódio dos outros homens.

Por um tempo, tudo esteve bem, mas as mulheres se cansaram rapidamente de Celulari. Novamente Deus pôs-se a pensar, e quando teve uma nova ideia, trabalhou por uma semana inteira, sem parar. Ao fim do sétimo dia, Deus estava cansado mas feliz: Marcos Pasquim havia sido criado.

Ao contrário de Celulari, Pasquim era um exemplo de homem rústico: Alto, forte, peludo... Parrudo. E as mulheres ficaram felizes novamente. Mas assim como aconteceu com Celulari, as mulheres se cansaram de Pasquim. Demorou mais, é verdade, mas o fim foi o mesmo.

Deus estava inconsolável, e por uma semana meditou sobre seus erros e acertos sobre Celulari e Pasquim. Finalmente teve uma ideia, uma que iria funcionar definitivamente. Por um mês inteiro Deus trabalhou, no frio e no calor, de dia e de noite. Finalmente, no trigésimo primeiro dia, sua obra estava completa: Fábio Assunção.

Assunção, para Deus, era a mistura perfeita entre suas duas criações anteriores: Forte mas sensível, com pegada mas carinhoso. Deus estava certo: Assunção não só fez um grande sucesso entre as mulheres, como esse sucesso durou muito e Deus pôde, finalmente, descansar.

Mas Assunção ainda não era o galã perfeito, e mesmo depois de um descanso, Deus se viu novamente frente a frente com o mesmo dilema. Por um ano completo, Deus pensou. Por um ano Deus abdicou de tudo mais para se dedicar inteiramente ao seu galã. E se a meditação levou um ano, o trabalhou levou outro ano: 365 dias depois (Não foi ano bisexto) surgia Tarcísio Meira.

Tarcisão era o auge, eterno, perfeito. Um amante e um amigo, um ombro para chorar e um peitoral para abraçar. As mulheres mal se aguentaram de felicidade com tamanha demonstração de compaixão por parde de Deus. Tarcisão era um "deus terreno", pronto para o que desse e viesse. E a vida foi boa, por muitos e muitos anos. Deus estava feliz, as mulheres estavam felizes, e seus quatro galãs também: Ainda que Tarcísio fosse "a novidade", Celulari, Pasquim e Assunção tinham suas eternas fãs.

Deus foi pego de surpresa ao notar, muitos anos depois, que Tarcisão já não era o suficiente, e que a mulherada, uma vez mais, caia na tristeza da mesmice. Deus, já perturbado com seu constante fracasso, decidiu que tomaria decisões drásticas: Por 10 anos meditou, por outros 10 anos pensou e por mais 10 anos analisou suas possiblidades infinitas e finalmente teve a ideia que, julgava ele, seria a definitiva. E por 100 anos Deus trabalho. 100 anos de labuta, que finalmente revelaram ao mundo a extensão dos poderes divinos: Antônio Fagundes.

Fagundão, para as mulheres, era incrível: Não havia o que não soubesse e o que não conseguisse. Bastava uma palavra sua para que todas as mulheres, num raio de quilômetros, entrassem em êxtase. Deus estava satisfeito e as mulheres também. Deus, após Fagundão, descansou por 1000 anos: Sua criação beirava o perfeito, e se para as mulheres era o suficiente, para Deus era duas vezes suficiente.

E após os 1000 anos de descanço, vieram outros 1000 anos de pura alegria. Mas a alegria e o descanço acabaram. Fagundão acabara.

Deus estava colérico e, se antes passara tempos e tempos pensando, desta vez pegou logo suas ferramentas e sem planejamento algum pôs-se à trabalhar. Deus, com toda sua frustração e ira, trabalhou por nada mais nada menos de 10.000 anos, e ao fim deste tempo, surgia Tony Ramos.

Tony reinou absoluto na Terra, mas Deus, desta vez, ao invés de descansar, ficou observando tudo. Deus já sabia que Tony seria uma nova falha, mas ainda sim o fez, para poder, finalmente, compreender onde estava errando. E Deus acertou: Tony surgiu, cresceu e morreu, assim como os outros antes dele.

Deus, tendo agora milhares de anos em pesquisa, limpou sua mente, e por 1000000000 de anos, pensou, esquematizou, alterou, acertou, refez, rubricou e recauchutou. Mas ao invés de partir para o trabalho, Deus, ainda não se sentido pronto e confiante, resolveu descar por mais 1000000000 de anos.

E por mais de trezento e sessenta e cinco bilhões de anos Deus descansou. Faltando, finalmente, apenas um dia para seu descanço acabar, Deus, ainda sem confiança, resolveu tocar o foda-se. Deus, em seu último momento de descanço, relaxou e gozou.

Deus bateu uma e gozou, mas para não lambuzar tudo por alí, gozou na própria mão. Foi quando, lembrando-se de Adão, seu grande sucesso, ao lado de Eva, teve uma ideia. Deus aproximou a mão de sua boca e, num único e forte sopro, deu vida ao seu próprio esperma. Deus, quase sem saber, acabara de concluir seu plano: O galã perfeito.

As mulheres de todo o mundo caíram aos pés desta nova criação e finalmente Deus pôde ter paz. A alegria reinou no mundo todo. Os antigos galãs, ao lado do novo, eram soberanos na Terra. Os homens, vendo suas mulheres alegres, esqueceram  o ciúme e o ódio, e chamaram de "irmãos" aqueles que tinham rejeitado.

E foi assim, com trabalho árduo, inspiração e um pouco de sorte que Deus reafirmou-se na Terra e garantiu que homens e mulheres fossem eternamente felizes. Deus, de forma indiscutível, conseguiu o que sempre quisera: A alegria das mulheres, a paz no mundo e sua satisfação pessoal. Foi assim que Deus, o ser supremo, criou o galã supremo: Zé Mayer.
Related Posts with Thumbnails

0 comentários: Aquela ,Ein ,Ein!, Eu, blog ,opinião ,internet, 1 ,2 ,3 ,4 ,5 ,6 ,7 ,8 ,9 ,0 ,top ,x ,coisas ,vê ,isso ,links ,semana ,post , contos ,de ,duendes ,até ,quando ,acordes , aviso ,acorde ,vícios ,matinais ,porquês ,e ,afins ,vida

Postar um comentário